segunda-feira, 4 de junho de 2012

11) O avião “Chico”

“Chico” com o Cmte Lili Souza Pinto

Como já disse, antigamente os aviões tinham nomes. Os F-13 eram “Santa Cruz” e “Livramento”, havia o “Aceguá” e na escolinha VARIG Aero Esporte, ou VAE, havia o “Juca”, o “Cuera” e o “Chico”. Os planadores eram “Biguá”, “Gaivota” e “Garça”. Costumava-se também a promover festas aeronáuticas e revoadas, nas quais a VAE sempre tomava parte. Havia um espírito esportivo ligado à aeronáutica Civil que, parece, não existe mais hoje, por razões que ignoro.

Num certo dia de verão, promovemos na VAE uma revoada pelo interior do Rio Grande, da qual participaram vários aeroclubes e a própria VAE. Consistia em percorrer um certo percurso, com pousos intermediários, em horários pré-estabelecidos de acordo com a velocidade de cada avião, de modo que o objetivo era obter regularidade no percurso. De nossa parte concorreu o avião Buecker Student de nome “Chico” pilotado pelo saudoso e competente futuro Comandante Lili Souza Pinto. Ele decolou de Porto Alegre no horário e seguiu o percurso com bastante regularidade até que, próximo à cidade de São Gabriel, teve uma pane de motor e precisou fazer um pouso de emergência numa coxilha próxima a uma fazenda, felizmente com sucesso e sem quebrar o avião.

Saiu o piloto a pé pelo meio do campo e dirigiu-se à fazenda ali existente, obtendo auxílio para ir até uma localidade onde houvesse telégrafo, para comunicar-se com a VARIG em POA e informar o que havia acontecido e solicitar auxílio. Entrementes as estações de rádio interioranas da RG estavam se comunicando e pedindo ajuda para localizar o “Chico” e saber notícias de seu piloto. A cadeia de radioamadores do RGS e de outros estados participou ativamente da busca, e a voz corrente era a procura do avião “Chico” da VARIG.

Nessa época, fora do RGS ninguém sabia o que era “VARIG” e os radioamadores do norte do Brasil entendiam, ao invés de “da VARIG”, “Tavares”. Assim, nessas partes do Brasil, procurava-se, em lugar do avião e seu piloto, o “senhor Chico Tavares”, que até hoje não foi encontrado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário